Caderno de Campo

A língua portuguesa é muito traiçoeira: capital

Posted on: 19/11/2009

Hoje quis fazer uma piadola num SMS de resposta a um “Precisas de alguma coisa da capital?” mas tropecei na língua portuguesa e estampei-me ao comprido. Em vez de responder que precisava de capital respondi “preciso do próprio” (sim, camaradas, do capital, contra o qual lutamos com trabalho, unidos, até à vitória final). Resumindo, capital é uma palavra lixada. Peço desculpa ao visado e aqui fica um pouco de serviço público: a palavra capital pode ter valor de adjectivo, substantivo feminino ou  substantivo masculino.

capital | adj. 2 gén. | s. f. | s. m.
adj. 2 gén.
1. Que importa ou diz respeito à cabeça, à vida de uma pessoa: pena capital (i. é, de morte).
2. Principal, essencial, gravíssimo.
3. Figadal.
s. f.
4. Povoação onde reside o governo central de uma nação.
5. Povoação principal de qualquer circunscrição territorial.
6. Letra maiúscula. = capitular, maiúscula, versal ≠ minúscula
s. m.
7. Dinheiro que constitui o fundo de uma indústria ou de um rendimento.
8. Valores, dinheiro, numerário.
9. Fig. Aquilo que constitui fundo ou valor, susceptível de produzir lucros ou vantagens.
10. Fortuna.

(in www.priberam.pt)

PS – tenho um ódio figadal ao novo acordo ortográfico

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

as penúltimas

%d bloggers like this: